Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Biblioteca Escolar ESJP

10
Jan22

A METAMORFOSE | FRANZ KAFKA

BE - ESJP

a-metamorfose-franz-kafka-ilustração-2.jpg

A novela de Kafka começa de uma forma direta. O clímax do enredo é apresentado logo de início, e tudo o que ocorre na história é desdobramento desse primeiro acontecimento. A falta de uma explicação maior sobre o ocorrido não desfaz nem um pouco a verossimilhança da novela.

Como o fato é dado a priori, não temos alternativas além de aceitá-lo e continuar a leitura. Todos os fatos que se seguem estão de pleno acordo com a transformação de Gregor. Transformar um fenômeno desse tipo em algo plausível desde o princípio é um dos maiores méritos de A Metamorfose.

O próprio estilo da narrativa contribui para essa verossimilhança. A construção das frases de Kafka é precisa, tem poucos floreios e adjetivos inúteis, o que dá um tom de relato - quase burocrático - ao enredo.

Uma característica da literatura de Kafka é a presença de acontecimentos extraordinários que, sem nenhuma explicação, envolvem a narrativa. Não é apenas o estilo que suporta os fatos incomuns, a própria narrativa também os suporta.

Em A Metamorfose é a reação de Gregor, ao continuar agindo naturalmente, que nos leva a aceitar mais facilmente o fato de ele se ter transformado num inseto gigante. As suas maiores preocupações são com o trabalho e com a família.

O que mais consome o protagonista, perante tudo que está vivendo, é estar atrasado para o trabalho e a ameaça de perder o seu emprego. Como as suas preocupações continuam sendo as de uma pessoa "normal", a sua transformação em inseto é amenizada.

LER + aqui