Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar ESJP

24
Set20

PORQUE ESTAMOS COM A CIDADANIA

BE - ESJP

PublicoEscola-logo1.jpg

Os pais serão, naturalmente, os primeiros educadores e nunca o sistema educativo os quis substituir. No entanto, a Escola sempre foi um complemento fundamental nesta nobre tarefa de educar.

Numa altura em que a discussão sobre a Educação para a Cidadania, no global, e o valor de disciplina Cidadania e Desenvolvimento, em particular, está acesa, importará revisitar os seus fundamentos, princípios e formas de operacionalização na escola.

Jornal Público, 23 de setembro de 2020

 

18
Set20

SEXUALIDADE: HISTÓRIA DE REPRESSÃO E MUDANÇAS (Brazil)

BE - ESJP

Captura de Ecrã (2).png

As alterações da sexualidade desde o Concílio de Trento. Durante séculos a vida sexual é ditada ora pela igreja católica ora por teses de saúde declaradas pela comunidade científica.

Da doçura e elegância feminina do século XIX, à preocupação com a saúde; a questão de honra da maternidade ( e casamento); a dupla moral dos homens (os bordéis com as suas “cocottes”); a sífilis; e os primeiros livros eróticos.

O século XX é um período de revoluções, com avanços e retrocessos no processo da libertação feminina. O aparecimento da homofobia no início deste século e a influência do Estado na sexualidade.

Os novos padrões de comportamentos no pós-guerra. O impacto do cinema com os seus beijos e afetos. O feminismo e o amor livre dos anos 60-70 com a liberalização dos costumes. O aparecimento do HIV. A falta de educação para uma sexualidade saudável. O desaparecimento atual do conceito de género.

Embora esta breve história da sexualidade se dê num contexto brasileiro tem muitos pontos comuns com a realidade portuguesa.

 

22
Jun20

Quando isto um dia passar - ANDANTE

BE - ESJP

 

Quando isto um dia passar
– se passar –
havemos de esquecer
– se esquecermos –
havemos de nos lembrar
– se lembrarmos –
e havemos de continuar a viver
– se vivermos –
o presente de então,
e havemos de continuar
– se continuarmos –
a conjugar certos verbos no futuro,
ingenuamente,
como crianças em idade
de errar e de acertar.


JOÃO PEDRO MÉSSEDER
19-3-2020


voz - Cristina Paiva

música – Ólafur Arnalds

sonoplastia e fotografia - Fernando Ladeira
 

 

19
Jun20

Normose: a patologia da normalidade

BE - ESJP

Captura de ecrã 2020-06-19, às 13.41.58.jpeg

Roberto Crema, psicoterapeuta há mais de 40 anos fala da patologia da normalidade, que são hábitos, atitudes, comportamentos dotados de consenso social. Por exemplo, a guerra legal é talvez o mais mortífero dos comportamentos da normose.

A normose é uma doença típica de momentos onde predomina a violência, a intolerância, a falta de saber escutar, a corrupção, a desumanidade, numa só palavra - o egocentrismo - gente que não se importa.

O racismo, o machismo, a homofobia são normoses. Podemos ainda falar de outros tipos de normose. A normose ambiental ou a normose da especialização...

25
Abr20

Abril Tanto Mar - ANDANTE

BE - ESJP

 

Sei que estás em festa, pá
Fico contente
E enquanto estou ausente
Guarda um cravo pra mim

Eu queria estar na festa, pá
Com a tua gente
E colher pessoalmente
Uma flor do teu jardim

Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei também que é preciso, pá
Navegar, navegar

Lá faz primavera, pá
Cá estou doente
Manda urgentemente
Algum cheirinho de alecrim


CHICO BUARQUE
Chico Buarque & Maria Bethania ao vivo - 1975


voz - Cristina Paiva

sonoplastia - Fernando Ladeira